09 março 2011

A incrível história de Anne Frank


"Espero poder confiar inteiramente em você, como jamais confiei em alguém até hoje,
e espero que você venha a ser um grande apoio e um grande conforto para mim."
(Anne Frank, 12 de junho de 1942.)


Posso contar uma coisa? Tá pra existir um livro que mexeu tanto com a minha cabeça como o Diário de Anne Frank. A história é simplesmente fantástica. Li quando tinha 12 anos e desde então, sempre foi meu livro favorito. Não era de se estranhar que eu, chorona como sou, estivesse torcendo (e chorando) pra que a história de Anne tivesse um final diferente.




Publicado em 1947, "O diário de Anne Frank" conquistou milhões de pessoas e corações ao redor do mundo. Annelisse Marie Frank, judia, viveu em Amsterdã na época da Segunda Guerra Mundial. Aos 13 anos, morou em um anexo (esconderijo) durante pouco mais de 2 anos para fugir dos ataques nazistas. Nesse tempo, Anne viveu com os pais, a irmã e mais quatro pessoas. 
Como qualquer garota, Anne enfrentou alguns problemas, como a busca da sexualidade, a paixão, as transformações e, até mesmo, brigas com a mãe, ja que se identificava muito com seu pai. Em seu diário -carinhosamente apelidado de Kitty, Anne relatava praticamente tudo o que acontecia dentro do anexo e também fora dele. 
Infelizmente, sua história não teve um final feliz como eu esperava. Aos 15 anos, Anne morreu em um campo de concentração, mas deixou seu registro para que pudesse compartilhar com o mundo. Tamanha é a importância dessa garota, que hoje, em Amsterdã existe um museu em sua homenagem. 


Essa semana, encontrei por acaso uma minissérie (5 capítulos), cujo nome é Anne Frank: The Whole Story, de 10 anos atrás contando a história de Anne, baseada no livro: "Anne Frank, uma biografia".




A vida de Anne Frank + Imagens do holocausto





Única aparição ao vivo de Anne:





Conheça o Anexo:

4 comentários:

Meu mundo disse... [Responder]

Sempre ouvi falar muito bem deste livro, mas nunca me interessei a ponto de querer ler e agora estou ansiosa para compra-lo.

@quasedevidro disse... [Responder]

Ai, é o melhor livro que já li, sem dúvida alguma! Compra sim que é muito bom. Depois me conta o que achou :D

Anônimo disse... [Responder]

NOSSA É MUITO BOM ESSE LIVRO,DEPOIS Q EU FIZ UM CURSO PARA FAZER UMA PALESTRA SOBRE ELA ME ENTERRESSEI MUITO PELA HISTORIA DO HOLOCAUSTO!

E aí, o que achou?