18 abril 2010

meu maior pecado capital


Digamos que eu cometa boa parte dos pecados capitais. Não digo todos, porque também não sou tão pecadora assim, mas cometo alguns de vez-em-quando. E um de vez-em-sempre: a gula.
Não é minha culpa não resistir a certos aperitivos, é mais forte do que eu. Mas assim como os aperitivos, existe algo que me ''seduz'' mais. Não sei se é algum brilho invisível, se é algo que eu sinto e ninguém mais, mas me chama a atenção. Tem uma forma única de simplesamente ser. Eu nunca me imaginei falando alguma coisa do tipo, porque não sou de dar valor ao que merece assim tão facilmente, nem quando estou muito apaixonada.
Tá legal, isso não é o oposto de paixão, mas também não é exatamente isso.. É como eu disse, é um brilho que me tira a paz que sempre tive. Parece que se isso fosse um pecado, juntaria o prazer da gula, a obcessão por estar sempre bonita na luxúria, é a ira de ver ''isso'' pertencendo a outra pessoa, é a melancolia quando está presente a distância, é o orgulho de exibir.
Talvez o oitavo - e meu maior - pecado capital seja você.

3 comentários:

Mychelle disse... [Responder]

No meu caso, a preguiça me leva ao meu maior pecado capital... Ficar parada é tão boooom! HAHAHA

Sara disse... [Responder]

Haha, eu tenho como o meu maior pecado capital concertesa é a preguiça. Minha mãe briga comigo, e meu prof de ed. fisica nem se fale.

E aí, o que achou?