24 janeiro 2010

mexa-se

 A maioria das garotas da nossa idade reclama de ficar sempre em casa, de engordar, mas morre de preguiça de ir a uma academia.. então, tenho outra solução pra vocês. Que tal fazer aulas de dança? Chame suas amigas, pode ser divertido! Minha mãe me sugeriu isso e eu achei super válido, já que dançar é super legal e tem várias opções.




Ballet:
Em uma única aula de ballet, você gasta até 400 calorias por hora. Não é à toa: com movimentos graciosos e, ao mesmo tempo, precisos, essa dança exige o trabalho dos músculos do corpo todo e, principalmente, dos braços, das pernas e da barriga. Para completar, você ainda exercita a concentração, o equilíbrio, a disciplina e até a memória. Para quem nunca fez, leva mais ou menos seis meses até começar a arriscar as primeiras coreografias. Em três anos, você já começa a usar as sapatilhas de ponta. O investimento varia de escola para escola, entre O investimento varia de escola para escola, entre R$ 150,00 e R$ 400,00 por mês.

Jazz:
O Jazz é uma dança energética e expressiva, além de ser uma grande diversão, ajuda a melhorar a coordenação. O jazz recebeu influências de diversos estilos e princípios técnicos do ballet e dança contemporânea. É um estilo de dança rigoroso,aumenta a velocidade, a coordenação e a flexibilidade. São gastas aproximadamente 500 calorias por hora, mas isso pode variar de acordo com o tipo de aula. O investimento é mais ou menos a partir de R$90,00 por mês.

Street dance:

Nesse estilo de dança a mistura de seus elementos é permitida, e vai variar de acordo com o professor. Sendo assim, esta não é uma dança de características fechadas. Permite-se com isso a criação de novos movimentos, o que denuncia outras propriedades desta dança: a inovação e a liberdade de criação. É uma dança prazerosa, de muita energia e que traz muitos benefícios. O street dance estimula a memória e ajuda no desenvolvimento do equilíbrio, da força, da agilidade, da flexibilidade e da resistência. Além disso, aprimora a respiração e a coordenação motora. Partes mais trabalhadas: pernas, braços, glúteos, abdômen, costas e peitoral. E o melhor: dá pra perder umas 300 calorias por aula

Dança do ventre:
É composta por uma série de movimentos vibrações, impacto, ondulações e rotações que envolvem o corpo como um todo. São marcados pelas ondulações abdominais, de quadril e tronco isoladas ou combinadas, ondulações de braços e mãos, tremidos e batidas de quadril , entre outros. A sensualidade também é presente em toda a dança do ventre. Mas não dá para confundir. A dança é apenas sensual, mas não passa por apelos ou vulgaridade. Outra vantagem é modificar a postura e os próprios movimentos, que ganham mais graça e suavidade, além de dar mais forma ao corpo.


Sapateado:
O Sapateado Americano é uma modalidade de dança com uma origem popular. Tem como principal meio de execução, o tronco e os pés contendo em cada sola dos sapatos de couro, duas chapinhas de metal – uma na altura dos dedos e outra no calcanhar ; podendo ter a utilização de músicas ou não. O objetivo do Sapateado como forma de expressão é a construção rítmica. Para o aproveitamento das aulas de Sapateado é necessário que o aluno, tanto criança como adulto, tenha boa concentração e coordenação motora, mas a própria dança ajuda no desenvolvimento dessa coordenação.


Dançar tem vantagens, sabia?
- danças são super pra cima, o que te deixa sempre feliz e animada.
- é agitado e ajuda a perder uns quilinhos
- ajuda na memória.
- ajuda no ritmo

Créditos: Things of Girls

Além das danças citadas acima, existem várias outras! Por que não procura saber mais?

2 comentários:

Mychelle disse... [Responder]

Além de dançar, estava pensando em fazer patinação no gelo... haha agora é só me preparar para altos tombos e ser feliz!!!

@dcincoetti disse... [Responder]

acho super cool patinação no gelo! mas na roça onde eu moro não tem nada... literalmente

E aí, o que achou?